Proposta: Escrever uma matéria sobre a campanha do “Bloco da Mulher Madura” para o carnaval, sendo o foco o público masculino.

Algumas pessoas afirmam que o ano começa após o carnaval. Isto quer dizer que expectativas com essa festa superam a normalidade. Pessoas economizam o ano inteiro e entram em uma contagem regressiva para gastar tudo em poucos dias. O objetivo? A busca pelo prazer, pelo divertimento.

Até onde pode-se extravasar e jogar-se para a vida? O governo todo ano realiza campanhas para estimular o lado responsável da população. Não dirigir alcoolizado, evitar brigas e transar, mas só se for com camisinha.

Sabe-se que campanhas que repetem mensagens a cada data comemorativa acabam se tornando um clichê e deixam de atrair a atenção desejada. Por isso que esse ano propagandas de um “Bloco da Mulher Madura” tomaram conta das ruas das principais cidades brasileiras. O foco da campanha é estimular o uso da camisinha pelas mulheres a partir 50 ano, devido ao aumento de infecções do vírus do HIV nessa faixa etária nas últimas pesquisas feitas pelo Ministério da Saúde.

Vale lembrar que apesar do público alvo ser feminino, os homens precisam ficar com o olho aberto. Cada vez mais mulheres trocam de parceiros e, assim, podem aumentar o risco de contaminação entre os homens.

Acabou a época em que a mulher só tinha um parceiro sexual a vida inteira ou ficasse em casa depois de certa idade. Os 50 anos de antes não são os mesmo da nossa sociedade. Portanto, homens, aproveitem toda a bagunça do carnaval mostrando ser um sexo seguro, também!

Anúncios